terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

O Estudante Universitário Que Acidentalmente Passou a Deter o Domínio Google.com

"O destino do motor de busca do Google é tornar-se o computador de Star Trek e é isso que estamos a construir." - Amit Singhal

Em Resumo

Muitos de nós sonhamos com o que seria possuir uma das empresas mais poderosas do mundo, mesmo que apenas por um minuto. O estudante universitário Sanmay Ved não tem que sonhar. Em setembro de 2015, estava a verificar nomes de domínio disponíveis, quando um inesperado chamou a sua atenção. Google.com estava disponível por US $ 12. Ved comprou e imediatamente teve a propriedade e o controlo transferido para si. A sua posição de poder durou apenas 60 segundos antes de alguém na Google perceber o que tinha acontecido e freneticamente cancelar a venda.

A História Completa

Em 2003, a Microsoft fez algo muito estúpido. Apesar das repetidas advertências, esqueceram-se de renovar o seu nome de domínio. O domínio acabou por ir para o mercado aberto, onde foi escolhido por um estranho, que minou brevemente os serviços do e-mail da gigante da tecnologia. 12 anos depois, a Google iria cometer um erro semelhante, embora com consequências menos drásticas.

A 29 de setembro de 2015, o estudante Sanmay Ved estava acordado às 1h20, a verificar a disponibilidade dos domínios do Google, um serviço que a empresa usa para vender nomes de domínio. Ved digitou o domínio do seu antigo local de trabalho (Google) na barra de pesquisa. Para sua surpresa, apareceu como disponível.

Google.com estava à venda.


O preço de venda era de apenas US $ 12, logo, Ved clicou para adicioná-lo ao seu carrinho de compras. Ele pensou sempre que iria receber uma mensagem de erro a qualquer momento. Mas nenhuma mensagem apareceu. Então, Ved realizou o check-out do domínio e pagou por ele. Uma fração de segundo depois, o seu cartão de crédito foi cobrado. Em seguida, dois e-mails na sua caixa de entrada apareceram, cheios de informações vitais sobre o domínio Google.com. Para todos os efeitos, Ved agora era o proprietário.

As coisas não pararam por aí. Ved imediatamente começou a receber mensagens claramente destinadas à própria equipa web da Google. Foi-lhe concedido acesso a coisas que não deveria ter sido capaz de ver e tinha o controle sobre o domínio entregue inteiramente a ele. Durante os 60 segundos seguintes, Ved foi efetivamente o dono do domínio que pertence à maior empresa de procura da Terra.

Felizmente para a Google, vende o domínio através de um dos seus próprios serviços, o que significa que eles também poderiam cancelar a venda. Cerca de um minuto depois do cartão de Ved ser acusado, o gigante das buscas devolveu-lhe o dinheiro, cancelou a sua ordem e retomou o controle do domínio. Ainda ofereceram a Ved uma recompensa em dinheiro. Mostrando um pouco de classe, Ved pediu-lhes para oferecerem a uma instituição de caridade. Google dobrou a recompensa antes de fazer isso. Com tudo isto, um link seu a detalhar o incidente tornou-se viral, atraindo mais de 300.000 visualizações. Não é um resultado mau por um investimento de $ 12.

Sem comentários:

Enviar um comentário