sexta-feira, 6 de maio de 2016

10 Coisas Que Precisa de Saber Acerca do Labrador Retriever


O fato do Labrador Retriever ser a raça favorita em muitos países não é nenhuma surpresa para quem conhece estes cães. Com um bom desempenho como cão de caça e também como companheiro de família, pode dizer-se que o Labrador é o cão perfeito. A disposição deles é quase universalmente amigável e gentil e, quando se combina isso com a lealdade que estes cães apresentam, eles são um trunfo para o agregado familiar.

Os Labradores são famosos pela sua atitude paciente com as crianças. Foram desenvolvidos a partir do Cão de Água de St. John, originários da Terra Nova, a ilha canadense ao largo da Península Labrador. Os Cães de Água de St. John foram usados pelos pescadores da região para trazerem de volta as redes e os peixes que poderiam ter escapado das redes durante as expedições de pesca. Estes cães foram introduzidos na Inglaterra no início do século 19 e o seu sangue foi misturado com o dos Spaniels, dos Setters e de outros cães, resultando nos cães que conhecemos hoje como Labrador Retriever.

Os Labradores também amam a água e trazem as coisas de volta para nós se lhes pedirmos. São cães de médio e grande porte, com cores principalmente em amarelo, chocolate ou preto. Existe agora uma cor de pêlo mais recente dos Labradores, à qual se chama prata. A cor destes cães é acinzentada e eles têm os olhos amarelos ou cinzentos, em vez de marrons. Independentemente da cor do pêlo, todos os Labradores têm uma pelagem dupla.


Aqui estão mais coisas importantes acerca dos Labradores:
Se estiver a considerar ter um Labrador, é sempre melhor descobrir tudo o que puder sobre eles antes da compra ou da adoção. Quanto mais entender sobre as necessidades do seu potencial companheiro, mais provável é que a relação seja bem-sucedida.

1- Os Labradores Retrievers são cães muito fortes.


Os cães machos podem pesar até 36kg e as fémeas até 31. Como estes cães são muito grandes, é muito importante que sejam educados, para obedecerem. Os cães de companhia exigem treinos de obediência básica e de socialização e os cães de caça precisam de aprender os comandos associados ao campo. É muito mais fácil manusear e treinar um cão desde pequeno do que com um cão já adulto.

2- As necessidades de exercício não devem ser subestimadas.


Os donos destes cães devem dedicar pelo menos uma hora por dia para exercer o seu cão. Os cães de caça, muitas vezes, praticam exercício suficiente durante o treino ou durante a temporada de caça, mas os cães de companhia têm que sair e entrar em movimento. Uma longa caminhada ou uma corrida ao lado de uma bicicleta é o suficiente. Os labradores que não praticam exercício suficiente podem estar aptos a fazerem asneiras em casa.

3- Apesar dos Labradores gostarem de exercício, podem tornar-se preguiços quando não são ativos.


Devido ao amor que estes cães têm por comida, é muito fácil tornarem-se obesos, o que pode levar a inúmeros problemas de saúde. Se já não pode consegue sentir as costelas dele, provavelmente é altura de fazer uma dieta e de praticar mais exercício.

4- Os Labradores podem ser Cães de Serviço.


Devido às suas boas naturezas e ao seu alto nível de treinabilidade, são excelentes cães de serviço para as pessoas com deficiência. A lei usa muitas vezes o Labrador Retriever para detetar o contrabando ou os explosivos. Devido ao seu faro excecional, os labradores foram usados durante a Guerra do Vietnã para farejar os soldados americanos; não apenas os soldados feridos, também os soldados inimigos.

5- Na verdade, existem dois tipos de Labrador Retriever: o Inglês e o Americano.


Ambos os tipos apresentam traços de personalidade semelhantes e partilham o entusiasmo para com o campo, mas existem algumas diferenças entre eles. O Labrador Inglês é um cão mais áspero e o Labrador Americano tende a ter as pernas mais longas e uma aparência mais ágil. O Labrador Inglês é mais descontraído do que o Americano.

6- Uma das condições de saúde mais graves que podem afetar os Labradores é o colapso induzido pelo exercício, ou EIC. 


Este é um problema sério, muitas vezes visto em animais jovens; caso contrário, fortes e em forma. Depois de um período de exercício curto, mas exigente, o cão pode tornar-se fraco, superaquecido e simplesmente entrar em colapso. O EIC é geralmente visto em cães que são usados para o trabalho de campo. Um Labrador que tenha esta condição não pode ser usado para a caça ou para o campo de ensaios, mas pode ser um bom animal doméstico e será capaz de beneficiar de exercícios leves.

7- Além do EIC, os Labradores também podem sofrer de vários outros problemas médicos.


O mais grave é a torção provavelmente gástrica, onde o estômago se torce, fechando a capacidade para qualquer coisa entrar ou sair dele. Os cuidados veterinários são necessários imediatamente. E, como acontece com a maioria das raças de cães grandes, a displasia da anca pode ser um problema. Muitos donos responsáveis dão o seu melhor para que os cães que não tenham predisposição para isso, então, ao comprar ou adotar um Labrador, certifique-se de que ele pertence a alguém confiável.

8- As pessoas que procuram um cão de guarda, podem escolher um Labrador.


Um cão de guarda é um cão que vai realmente defendê-lo, mas que também tem a capacidade de distinguir a diferença entre um estranho amigável e um estranho que pode significar danos. No entanto, embora os Labradores não sejam cães de guarda, são bons cães de guarda e irão alertá-lo se alguém se aproximar da sua casa.

9- Alguns Labradores são criados para o trabalho de campo e outros para serem cães de companhia.


Apesar de todos esses cães serem bons animais de estimação, tenha em mente que os cães de campo certamente vão necessitar de uma boa dose de exercício e que esses cães podem ser um pouco mais tensos porque foram criados principalmente para isso.

10- Como a maioria dos cães de caça, os Labradores e os seus ancestrais desenvolveram-se através da interação com os seres humanos.


O Labrador Retriever precisa de interação humana e de atenção para prosperar. Estes não são cães que devem ser confinados a um canil (apesar de, na minha opinião, nenhum ser), eles deveriam estar em casa com a família. Os Labradores, quando são privados da companhia humana, podem sofrer de problemas mentais.

Congratular-se com um Labrador Retriever na sua vida pode ser uma das mais gratificantes experiências para si e para o seu novo amigo. Leve tempo para descobrir se esta é a raça ideal para si e, se estiver disposto a dedicar-se a este cão, ele vai ser um companheiro fiel, leal e amoroso.

Sem comentários:

Enviar um comentário