sexta-feira, 23 de setembro de 2016

O Que Escolheria: A Prisão ou a Castração?


Em 1985, Elizabeth Daniel foi para um motel da Carolina do Sul para se encontrar com Roscoe James Brown. Os dois tiveram um filho juntos e Elizabeth queria que Brown começasse a pagar a pensão alimentícia. Brown, por outro lado, não queria ter nada a ver com Elizabeth. Mas, quando chegou ao motel, as coisas ficaram totalmente fora de controle. Ele levou dois amigos (Mark Vaughn e Michael Braxton) e depois de se embebedarem, o trio violou e torturou brutalmente Elizabeth ao longo de 6 horas.

Elizabeth perdeu 4 litros de sangue no ataque, mas conseguiu arrastar-se para fora da sala e pedir ajuda.

Os seus 3 atacantes foram rapidamente presos e levados a tribunal. Mas, quando chegou a hora da condenação, o juiz C. Victor Pyle emitiu uma decisão incrivelmente bizarra; ofereceu aos 3 bandidos uma escolha: eles poderiam servir 30 anos de prisão ou poderiam submeter-se a uma castração cirúrgica. Por outras palavras, a maioria da sua vida atrás das grades ou um futuro sem filhos e com sexo severamente diminuído.

Naturalmente, isso criou uma espécie de tempestade. Algumas pessoas apoiaram esta justiça, enquanto outras disseram que a decisão reforçou a noção de que a violação é um crime de sexo, em vez de um crime de violência. Algumas pessoas afirmaram que a castração permitiria que os violadores tivessem uma punição fácil, mas outras argumentaram que a castração era completamente inconstitucional. De qualquer forma, os juristas comentaram que essa frase foi "a primeiro na história moderna."

Eventualmente, o caso percorreu o seu caminho até ao Supremo Tribunal da Carolina do Sul. O advogado de defesa do trio argumentou que a castração era "mutilação física." No entanto, os criminosos não estavam tão certos. Depois de pensarem em passar cerca de 30 anos atrás das grades, decidiram abandonar o seu recurso e submeter-se à cirurgia, mas por esta altura, já era tarde demais. O Supremo Tribunal da Carolina do Sul determinou que a castração cirúrgica era uma "punição cruel e incomum."

Os 3 criminosos foram para a prisão, mas, devido às diretrizes de liberdade condicional da Carolina do Sul, todos foram libertados incrivelmente cedo. 2 dos homens retornaram à sua vida normal. No entanto, enquanto estava em liberdade condicional, Michael Braxton violou uma pessoa novamente, desta vez no estado do Tennessee. Quando foi finalmente libertado em 2015, foi enviado de volta para a prisão na Carolina do Sul por violar a sua liberdade condicional. Está atualmente programado para ser libertado em 2021.

Sem comentários:

Enviar um comentário