sexta-feira, 18 de novembro de 2016

10 Mistérios Não Resolvidos Sobre Satanás

Satanás tornou-se uma das figuras mais populares na religião moderna e na cultura pop, mas as suas aparições nos textos religiosos tendem a ser breves e confusos. Como resultado, há uma série de mistérios sobre o Diabo que provavelmente nunca serão resolvidos.

10- Satanás Era a Serpente do Éden?


A serpente que tentou Eva a comer o fruto proibido muitas vezes tem sido interpretada como Satanás. Mas a Bíblia não afirma especificamente isso; as pessoas simplesmente assumem isso porque a serpente aparentemente desempenha um papel semelhante a Satanás.

Na verdade, a história original do Génesis parece descartar essa teoria, referindo-se à serpente como "o mais inteligente dos animais do campo." Os estudiosos da Bíblia afirmam que a ideia de Satanás não foi desenvolvida quando Génesis foi escrito. Mas se a serpente não era Satanás, o que era? Apenas uma cobra falante? Se assim for, é o único animal inteligente na Bíblia.

9- Quem Disse a Davi Para Fazer um Recenseamento?


Em 2 Samuel 24, Deus está zangado com Israel e incita o Rei Davi a fazer um censo. Davi subsequentemente percebe que o censo foi pecaminoso e Deus castiga a terra com uma praga. Mas quando 1 Crónicas 21 conta a mesma história, é Satanás que incentiva Davi a fazer o censo. Essas duas passagens bíblicas aparentemente contradizem-se. Foi Deus ou Satanás que disse a Davi para fazer o censo pecaminoso?

Uma interpretação é que Satanás só poderia agir com a permissão de Deus. Portanto, Satanás sugeria o censo, mas de acordo com a vontade de Deus. Outros usam a discrepância como evidência de que os judeus foram influenciados pelo zoroastrismo durante o seu exílio na Babilónia. Os zoroastrianos acreditam nas forças opostas do bem e do mal e os autores de Crónicas podem ter absorvido essa crença e reatribuído a responsabilidade pelo censo a Satanás.

8- Será Que Tem um Nome?


"Satã" é uma palavra hebraica que significa "adversário" ou "acusador". Nunca foi utilizado como um nome no Antigo Testamento e é muitas vezes aplicado aos seres humanos. Por exemplo, o Rei Rezon da Síria é dito ser um satanás ("adversário") de Salomão. Há também uma criatura angelical conhecida como "Satan", que age como uma espécie de promotor. Por exemplo, Deus permite que Satanás persiga Jó para ver se ele permanecerá fiel mesmo depois de perder tudo.

A palavra "Diabo" (diabolos) também significa "acusador" e é apenas uma tradução grega de Satanás.

O Diabo tem um nome? Lúcifer ("estrela da manhã"), a Bíblia usa apenas uma vez, sobre um Rei da Babilônia. E Belial e Beelzebub também não começaram como nomes. Então, se o Diabo é suposto ter um nome, não sabemos qual é.

7- Porque Razão Pensamos Que Governa o Inferno?


Claro, todos sabemos que Satanás governa o inferno, onde se deleita a torturar almas malignas. Exceto que isso não está escrito em nenhuma das religiões abraâmicas. E certamente não está na Bíblia, onde Satanás é apenas associado ao inferno no sentido de que vai acabar por ir para lá depois do julgamento final.

Então, de onde veio a ideia de que Satanás governa o inferno? Bem, é um mistério. A teoria mais popular é que foi confundido com os Deuses do submundo greco-romanos como Hades e Plutão. Outra teoria aponta para Zoroastrianismo, em que o mal Angra Mainyu atormenta os maus na vida após a morte. Embora não seja claro como a história surgiu, continua a ser extremamente popular.

6- O Mesmo Satanás Aparece no Antigo e no Novo Testamento?


Um ser angelical conhecido como "Satan" faz duas aparições importantes no Velho Testamento. Na sua primeira aparição, estão juntos quando Deus menciona que Jó é o seu seguidor mais fiel. Satanás contesta que Jó teve uma grande vida e amaldiçoaria Deus se as coisas lhe corressem mal. Deus discorda e permite que Satanás persiga Jó para provar que ele permanecerá fiel. A sua segunda aparição é em Zacarias, onde o sacerdote Josué está diante de um tribunal celestial. Satanás acusa Josué, mas o anjo do Senhor defende-o.

Em ambas as ocasiões, Satanás parece estar a servir a Deus como uma espécie de promotor celestial. No entanto, no Novo Testamento, Satanás é explicitamente o "príncipe dos demónios" e aparece de forma inequívoca no mal. O papel de Satanás mudou entre o Antigo e o Novo Testamento? Como "Satan" é um título, são a mesma entidade?

5- Será Que Tem Poder Sobre a Terra?


A maioria das versões de cultura pop do Diabo dá-lhe poderes incríveis, mas o Satanás Bíblico realmente tem poder na Terra? Isso é um pouco ambíguo. No Antigo Testamento, é capaz de arruinar instantaneamente a vida de Jó, mas somente depois de Deus lhe dar permissão. No Novo Testamento, tenta Jesus ao usar os seus próprios poderes. Por exemplo, quando Jesus está com fome, Satanás diz-lhe para trocar rochas por pão, mas não se oferece para fazer isso sozinho.

Por outro lado, Marco 5 e Lucas 8 referem como Jesus expulsou os demónios que tinham possuíam dois homens, o que implica que os demónios ou que Satanás podem possuir as pessoas de alguma forma. Satanás também se oferece para dar a Jesus "os reinos do mundo", embora não esteja claro se poderia realmente fazê-lo. No entanto, a posição oficial dos maiores grupos cristãos é a de que Satanás não tem poder para além de tentar as pessoas.

4- De Onde Vem a Sua Imagem?


Hoje em dia, temos uma imagem do "clássico" Diabo, que inclui chifres de cabra, pernas e uma forquilha. As versões particularmente animadas podem ter tudo vermelho, até mesmo pele vermelha. Nenhum destes detalhes aparece na Bíblia, embora estivessem em vigor no final do período medieval. Então, de onde vieram? Como praticamente tudo nesta lista, não sabemos.

Os chifres de cabra podem vir do Deus grego Pan, uma divindade selvagem e assustadora que inspirava medo repentino em lugares solitários ("pânico"). A forquilha pode ser o tridente de Poseidon. A cor pode vir do grande dragão vermelho descrito no Livro do Apocalipse. Mas essas teorias são apenas suposições. A verdade é que ninguém sabe.

3- O Que é Satanás no Islão?


No Islão, al-Shaytan (Satã) é um ser conhecido como Iblis. No Alcorão, Deus faz um Adão de barro e ordena aos anjos que se curvem à sua criação. Mas Iblis recusa curvar-se, dizendo: "Sou melhor do que ele; criaste-me a partir do fogo e a ele a partir da lama." Deus fica zangado, mas concorda em adiar o castigo enquanto Iblis tenta provar a si mesmo o direito ao tentar levar os seres humanos a pecar.

Os estudiosos estão divididos acerca do que Iblis realmente é. No Islão, existem 3 categorias de seres: anjos, seres humanos e espíritos conhecidos como Jinn, que foram feitos de fogo e livre-arbítrio. Por um lado, o Alcorão afirma que Allah ordenou que os anjos, incluindo Iblis, se curvassem, o que sugere que ele é um anjo. Por outro lado, Iblis mostra livre-arbítrio e diz que Deus o fez do fogo, o que sugere que ele é um jinn. O assunto permanece em discussão.

2- Estaria o Satanás do Islão Correto?


Existe uma tradição interessante dentro do Islão sufi que sustenta que Iblis estava correto em desobedecer a Deus e recusar curvar-se a Adão. Nessa visão, era errado que os anjos se prostrassem diante de alguém, exceto Alá. Embora Iblis tenha desobedecido, fê-lo pela sua verdadeira submissão a Deus.

Embora interessante, a ideia de al-Shaytan como servo mais fiel de Deus nunca se tornou popular, mesmo entre os Sufis.

1- Qual é a Sua Ligação ao Anticristo?


O Novo Testamento faz uma série de referências a um falso messias vindouro, chamado Anticristo, entre outros nomes. Tanto Tessalonicenses como o Apocalipse associam essa figura a Satanás, mas deixam claro que não são a mesma entidade. Então, qual é a conexão entre Satanás e o Anticristo?

No período medieval, surgiu a opinião de que o Anticristo seria o oposto de Cristo em todos os sentidos. Assim como Cristo era o filho de Deus com uma virgem, o Anticristo seria o filho de Satanás com uma prostituta. Essa teoria parece ter sido baseada numa interpretação demasiado literal da palavra "Anticristo", mas tornou-se popular graças a filmes como A Profecia.

No entanto, a teoria do Anticristo como filho de Satanás é rejeitada pelo cristianismo popular. Na verdade, não está claro se as duas figuras têm alguma conexão, embora Tessalonicenses 2 afirme que a vinda do Anticristo é o "aparente trabalho de Satanás".

Sem comentários:

Enviar um comentário