quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

A Mulher Mais Velha do Mundo Acredita Que o é Por Ser Solteira

"Não queria ser dominada por ninguém", afirmou a supercentenária.


A pessoa a mais velha do mundo disse recentemente aos jornalistas o segredo por trás da sua longevidade: ser solteira.

A italiana, Emma Morano, que comemorou o seu 117º aniversário no dia 29 de novembro, recebeu oficialmente a distinção do Guinness World Records, por ser a pessoa mais velha do mundo, em maio passado, depois de Susannah Mushatt Jones, de Nova Iorque, falecer.


Morano atribui essa extraordinária longevidade a várias coisas: Ter-se separado do seu marido em 1938 e depois ter permanecido solteira; à genética - 2 dos seus 7 irmãos viveram mais de 100 anos - e a uma refeição diária de 1 ovo cozido e 2 crus.

Morano adotou a sua dieta incomum após um médico a diagnosticar com anemia quando ela ainda era uma mulher jovem. Agora come 2 ovos com um par de biscoitos misturados, mas o seu médico admira a determinação dela em comer "muito poucos vegetais e muito pouca fruta".

Morano comemorou o seu aniversário com 2 bolos: o primeiro com as suas sobrinhas e o segundo com o prefeito de Verbania, onde vive no noroeste da Itália, perto da fronteira suíça.

Morano pontuou os bolos com uma sesta essencial ao meio-dia. Na verdade, Morano está ligada à sua cama desde o ano passado e não deixou o seu apartamento nos últimos 20 anos.

Mas isso não impediu Morano de aparecer numa transmissão ao vivo na TV estatal para apagar as suas velas e receber uma mensagem de aniversário personalizada do próprio presidente italiano.

Apesar da atenção da nação e de uma família amorosa, Morano, mais uma vez, credita a sua longevidade ao fato de ter permanecido solteira. Tomou a decisão de permanecer solteira após a dissolução infeliz do seu primeiro casamento.

"Ele disse-me: Se tiveres sortes, casas-te comigo, ou vou matar-te. Eu tinha 26 anos. Casei-me.", afirmou Morano ao jornal italiano, La Stampa. Mais tarde, contaria ao New York Times que o deixou no ano seguinte, depois do seu bebé de 6 meses morrer; porque "não queria ser dominada por ninguém".

Hoje, Morano de fato permanece independente, mas a sua saúde começa, como seria de esperar, a falhar de várias forma.

O médico de Morano observa que ela tem dificuldade em ouvir e ainda mais a ver. Infelizmente, isso provavelmente significa que ela vai perder o desempenho musical sobre a sua vida que está programado para em breve subir ao palco em Verbani.

Sem comentários:

Enviar um comentário