sexta-feira, 9 de junho de 2017

15 Fatos Divertidos Sobre o Espaço


Se gosta de temas relacionados ao espaço, este artigo é para si! Esta é uma lista das curiosidades cósmicas mais surpreendentes ou simplesmente fatos que alteram a mente sobre o espaço exterior.

1- As estrelas e luzes das nossas cidades criam uma obra-prima inesquecível na tela do Universo. Somos parte do cosmos!

2- A um determinado ponto, a estrela central da nebulosa da borboleta tornou-se tão incrivelmente quente que explodiu as suas tripas estelares num padrão fantástico.

3- Os lendários Pilares da Criação (nebulosa da águia), tornaram-se famosos pelo telescópio espacial Hubble em 1995, destacando os seus pilares em forma de dedo, onde novas estrelas se formarão.

4- O que está a ver nesta imagem é uma nova estrela que nasceu. Pense nisso por um segundo. UMA ESTRELA!

5- Este é o aspeto do eclipse solar visto do espaço.

6- O primeiro objeto artificial a viajar além do nosso sistema solar foi o Voyager 1. Esse pequeno ponto azul é a Terra, visto da borda do nosso sistema solar.

7- Agora, para fatos mais estranhos do espaço: o espaço cheira mal! ... Espere, o quê?



Os astronautas que voltaram das suas missões no espaço exterior admitiram que os seus trajes de astro cheiravam a bife de churrasco e a metal quente. Embora o espaço seja basicamente uma grande pilha de literalmente nada, onde a quantidade de matéria é miseravelmente pequena, essa matéria está polvilhada por todo o lado. Talvez haja um conjunto de partículas que cercam a Terra, que fritou devido á radiação cósmica ou talvez o Universo inteiro precise de tomar banho. Pense sobre isso, o cosmos cheirar como um bife não é uma má ideia (a menos que seja vegetariano).

8- Consegue imaginar uma força tão inimaginável que pode realmente dobrar a luz? Esse fenómeno é chamado de "lente gravitacional". É, na verdade, o motivo pelo qual podemos "ver" buracos negros, pois a asua gravidade pode e dobr a luz ao redor, disfarçando a sua presença.

9- Sempre que compara o Sol com a Lua, pensa que são ambos do mesmo tamanho. Claro que isso não é verdade, mas devido a uma coincidência estranha (não é?) o diâmetro do Sol é 400 vezes maior, mas a Lua está 400 vezes mais perto da Terra!

10- Procuramos água noutros planetas, mas, em vez disso, 2 equipas de astronautas encontraram uma quantidade enorme (por padrões da Terra) de H2O, equivalente a 140 trilhões de vezes a água dos nossos oceanos, apenas a flutuar no espaço em torno de um quasar. Como chegou lá? Bem, a água é 2 átomos de hidrogénio combinados com um átomo de oxigénio, de modo que esse buraco negro de quasar literalmente faz a água aparecer do ar, pois sugere a matéria e expande ondas de energia, suga a matéria e expande ondas de energia, embatendo esses átomos e formando moléculas de água.

11- Se o inferno fosse um lugar no mundo real, seria em Vénus. Sendo o segundo planeta mais proximo do Sol, imagina-se que Vénus é muito quente, mas é tão quente que neva metal (metalgalena e bismutinite) e chove ácido sulfúrico com temperaturas com uma média de 467 °C (872 ° F). A atmosfera em Vénus é de 96% CO2. Devido a uma pressão imensa, o dióxido de carbono transforma-se em algo chamado "fluido supercrítico" - algo entre gás e líquido, usado na Terra como um solvente industrial.

12- Os cientistas da Nasa descobriram recentemente um novo tipo de estrela chamado anãs Y. Essas coisas celestes são quentes e confusas. Ao contrário do resto das estrelas que podem desintegrar qualquer coisa viva num segundo, as anãs Y do tamanho de Júpiter são quase quentes o suficiente para assar uma torta.

13- Este ponto é bastante nojento, então pode querer ignorá-lo se se sentir enojado. Ainda aqui? Boa.

A pele dos pés cai na área de gravidade zero do espaço exterior. Uma vez que os astronautas não usam os pés para caminhar, a pele começa a ficar mais macia e, eventualmente, torna-se apenas flocos. Os astronautas devem ter muito cuidado ao mudar de meias e de cuecas para evitar a contaminação do ar. Basta pensar em toda essa pele morta a flutuar ao seu redor!

14- Está a ler esta lista sentado na sua cadeira confortável, aparentemente imóvel, mas está constantemente em movimento. O nosso planeta gira em torno do seu eixo enquanto orbita ao redor do Sol a uma velocidade incrível, mas o nosso sistema solar também viaja ao redor do centro da nossa galáxia a uma velocidade incompatível de 100.000.000 km por hora! Basta pensar nisso, 1 hora a partir de agora estará a 100 milhões de km de distância de onde está atualmente. O espaço é muito louco.

15- O nosso Sol é bastante grande em comparação com a Terra, mas este hiper gigante da constelação de Cygnus, o Cisne, é 1.000.000 maior, o que faz com que a nossa estrela pareça um grão de areia num deserto. Atualmente é a maior estrela que descobrimos.

Sem comentários:

Enviar um comentário