quarta-feira, 21 de junho de 2017

Existem Ananás Rosa e Nunca Ninguém Nos Contou

Parece ser muito específico que, no cenário altamente improvável de que a ciência e/ou a Mãe Natureza inventaram ananás rosa, isso devia ser notificado imediatamente.

Apesar de não sabermos, verifica-se que o Del Monte desenvolveu ananás cor-de-rosa desde o início de 2005. Isso ocorreu antes dos Estados Unidos terem um presidente negro. Sim, o mundo tinha ananás cor-de-rosa antes da América ter o Barack Obama. Imagine só as coisas maravilhosas que conseguimos fazer antes da chegada da primeira mulher presidente.







Apesar de existirem desde o início de 2005, só foram aprovados pela FDA recentemente. Isso significa que podemos comê-los oficialmente.





Del Monte é o único que os produz e os ananás realmente possuem uma patente sobre o deleite rosa. Além de alguns amantes de alimentos, ninguém ainda teve o glorioso privilégio de comer um ananás rosa.





São essencialmente ananás normais que foram geneticamente modificados para reduzir as enzimas que transformam o licopeno em caroteno. Pode pensar que isso é inteiramente irrelevante para a sua cor, mas pessoas com graus maiores do que os nossos afirmam que o caroteno dá pigmento amarelo à fruta, enquanto o licopeno dá um pigmento vermelho ou rosa. É o mesmo que transforma os tomates em vermelho e as melancias em rosa.




Embora isso possa parecer bom em teoria, há uma enorme desvantagem: ainda não há nenhuma palavra sobre uma data de chegada ao comércio. O único lugar onde se pode encontrar um ananás cor-de-rosa é no Instagram e tenho a certeza absoluta de que não há como comê-lo através de lá.




No entanto, como foi aprovado pela FDA, as probabilidades são muito boas de que verá o caminho para as lojas nos próximos anos.



Sem comentários:

Enviar um comentário