terça-feira, 4 de julho de 2017

Flakka, "A Droga Zombie"


Há uma nova droga chamada Flakka, originária da China, que está a percorrer e a chocar o mundo inteiro. Existem casos em diversos países.

O Que Provoca?

Como a catinona, a alfa-PVP é um tipo de estimulante e está ligada a sentimentos de euforia, estado de alerta e vigília e aumento do movimento "superior", todos os sintomas que são semelhantes aos vividas por pessoas que usam outras drogas como as anfetaminas ou a cocaína.

Como a Flakka é relativamente recente, os pesquisadores não sabem exatamente como afeta o cérebro ou o quão viciante é.

Por enquanto, só podem compará-la com os primos químicos TIC, como a cocaína e as anfetaminas. Essas drogas causam o surto de 2 produtos químicos: a dopamina (responsável pelas sensações de euforia) e a noradrenalina (que aumenta a frequência cardíaca e pressão arterial e pode tornar-nos mais alertas).

Como a cocaína e a metanfetamina, a Flakka tem consequências, o período em que a droga deixa o corpo e a pessoa se torna deprimida ou cansada. Muitas vezes, esse sentimento resulta em retornar a usar drogas para se livrar do sentimento negativo, iniciando um ciclo de uso que pode levar a abusos. Também como a cocaína e a metanfetamina, a droga pode alterar a química do cérebro de uma maneira que faz com que os usuários exijam doses cada vez maiores.

O uso excessivo tem sido associado a sentimentos de extrema ansiedade, paranóia e alucinações. Têm sido relatados dezenas de episódios de comportamento violento em pessoas usuarias de Flakka.

Em doses elevadas, a Flakka pode fazer com que o corpo atinja temperaturas muito elevadas. Essa temperatura excessiva pode conduzir a complicações graves, como danos físicos nos rins e degradação muscular.

Alguns dos sintomas levaram as pessoas a protagonizar episódios de paranóia, acreditar que se está a ser vitíma de um tiroteio, andar nu pelas ruas e até mesmo tentar ter relações com árvores, atirar-se para a frente de carros em circulação e... atacar-se a si mesmo e às outras pessoas mordendo-se e tentando comer a carne do corpo. É por esse motivo que foi apelidada de Droga Zombie.

Do Que é Feita?

A Flakka é feita a partir de um composto chamado expirado alfa-PVP, um produto químico primo do cathinone, a droga tipo anfetamina encontrada em sais de banho.

Enquanto o ingrediente ativo nos sais de banho foi oficialmente proibido em 2011, o mais recente alfa-PVP não foi.
Isso significa que é legal em qualquer estado?

A Flakka Está em Ascensão

Ainda assim, o uso da Flakka está em ascensão.

De acordo com o colaborador Forbes Robert Glatter, o Enforcement Administration Drug tem visto quase 780% de aumento no número de casos notificados nos últimos 3 anos. Em 2010, nem 1 único caso da droga tinha sido relatado. De repente, em 2012 existiam 85 casos e, em 2014, eram 670. Apenas nos Estados Unidos.

Aqui em Portugal, foram relatadas 30 vítimas em 2015, 11 em 2016 e 2 em 2017.

Não surpreendentemente, uma das principais razões para o aumento pode ser o preço: a Flakka pode custar tão pouco quanto 4€.

Sem comentários:

Enviar um comentário