sexta-feira, 4 de agosto de 2017

9 Arranha-Céus Que Testam os Limites do Design

A arquitetura é uma coisa maravilhosa. A capacidade absoluta de fazer um edifício destacar-se e tornar-se um marco histórico que é imediatamente reconhecido é uma habilidade muito poderosa. E especialmente nos nossos tempos modernos, a arquitetura avançou em grandes passos, testando os limites do design de todas as formas possíveis. Cada vez se constroem edifícios maiores, mais altos e mais caros. 

Os edifícios que são mais gratos ao projeto seriam os arranha-céus. Determinam todo o horizonte de uma cidade e são o edifício mais visível em qualquer área. Também proporcionam um desafio arquitetónico adicional porque os edifícios mais altos precisam de ser construídos de forma mais aerodinâmica e assim por diante.  


Torre Mode Gakuen Cocoon, Tóquio, Japão

Com uns enormes 204 metros de altura, este edifício de 50 andares foi terminado em outubro de 2008. Foi projetado pelo bom senhor Paul Noritaka Tange, que agora é provavelmente um homem rico a passear por Tóquio, que aponta para a torre e afirma "fui eu que projetei isto". O prédio atualmente abriga 3 institutos educacionais.






Torre Al Hamra, Kuwait

Este edifício de 80 andares tem um comprimento total de 414 metros. Foi construída num período de 6 anos, com acabamento de construção em 2011 e possui escritórios e um centro comercial. 




Torre Aqua, Chicago, Estados Unidos

A torre do Aqua parece, bem, a água fluindo para baixo. A razão para isso é bastante prática: ao alongar as varandas para fora, permite aos moradores uma melhor visão da cidade. O design também maximiza o sombreamento solar. Obrigado, ciência! Esta torre é um prédio de 87 andares, 261 metros com espaço para apartamentos, quartos de hotel, lojas e escritórios. A construção começou em 2007 e terminou em 2009.





Torre Cobra Asiática

A Torre Cobra Asiática é um conceito desenhado pelo arquiteto russo Vasily Klyukin. Quer construir a torre em algum lugar da Ásia ou do Oriente Médio e é essencialmente uma enorme torre dourada com forma de cobra. Aposto que os quartos do globo ocular oferecem uma visão incrível de qualquer que seja a cidade em que a torre seja plantada.





Shard, Londres, Reino Unido

Concluído em 2012, este edifício não foi apreciado pelos londrinos ao início. O edifício, de 310 metros, possui 95 andares, dos quais 72 são habitáveis. Uma curiosidade: o estado do Qatar possui 95% da torre. 





Lakhta Center, São Petersburgo, Rússia

Lakhta Center é uma torre atualmente em construção em São Petersburgo. A construção começou em 2012 e a torre deve ter 462 metros de altura após a sua conclusão, tornando-se o prédio mais alto da Europa e um horror para as pessoas que sofrem de vertigens.





Dancing Dragons, Seul, Coreia do Sul

Estes edifícios têm 450 metros e 390 metros de altura. Ainda não foram construídos, mas parece que terão um impacto notável no horizonte de Seul. A construção começou em 2013 e foi estimada para ser concluída em 2016 - algo que não aconteceu.




A Cidade Sem Fim, Londres, Reino Unido

Este é bastante estranho. Londres planeia criar um arranha-céus com essencialmente rampas em torno de um átrio oco. O arranha-céus de 300 metros está planeado para ter muitas áreas verdes e parques, numa espécie de jardins pendurados. É suposto abrigar milhares de pessoas e incluir escolas, escritórios, lojas, assim como os parques mencionados anteriormente. Então, uma cidade dentro de uma cidade. 




As Lagoas, Dubai, Emirados Árabes Unidos

Uma área inteira de 5 quilómetros quadrados está a ser reconstruída num complexo gigante, incluindo os arranha-céus que se esperariam do Dubai. Serão criadas 7 ilhas artificiais e todo o projeto custará 25 bilhões de dólares. A construção do complexo atualmente foi suspensa, mas esperamos que termine em breve.




Sem comentários:

Enviar um comentário