segunda-feira, 30 de outubro de 2017

7 Hábitos Diários Que Destroem o Nosso Cérebro

Assim como todos os outros órgãos do nosso corpo, o nosso cérebro pode ser influenciado por uma infinidade de fatores diferentes, incluindo alguns hábitos quotidianos, que podem causar algum dano severo. 


Falta de Comunicação

Algumas pesquisas recentes mostram que apenas 10 minutos de conversa podem aumentar a atividade cerebral e nem precisamos de sair de casa, basta conversarmos com alguém durante esse tempo.




Não Tomar o Pequeno-Almoço

De acordo com as pesquisas, as crianças que tomam o pequeno-almoço regularmente têm melhores notas na escola, especialmente em aulas de ciências. Não fazer essa refeição significa que o açúcar no sangue diminui, o que, por sua vez, afeta negativamente o cérebro.




Comer Gelado

Qualquer alimento frio o suficiente, como o gelado, por exemplo, pode causar um congelamento doloroso no cérebro. Dizem que a comida fria estreita os vasos sanguíneos e o corpo, para tentar prevenir a hipotermia, emite sangue quente para o cérebro, o que, por sua vez, dilata os vasos sanguíneos.




Desidratação

O cérebro humano é constituído por 70-80% de água. Além disso, a água é responsável por entregar as coisas necessárias para que o cérebro funcione corretamente. Então sim, o cérebro funciona de forma mais eficiente quando não falta H2O.




Consumir Álcool

De acordo com alguns estudos, o consumo de álcool destrói as conexões entre as células cerebrais. No entanto, também há boas notícias: se parar de beber álcool, eventualmente, o cérebro volta ao normal.




Fumar

A pesquisa mostrou que fumar leva não só ao cancro, mas também à diminuição da espessura do córtex cerebral. Esse dano pode afetar significativamente as habilidades mentais, pois é essa parte do cérebro que, entre outras coisas, é responsável pelo pensamento.




Falta de Exercício Físico

O cérebro, assim como os músculos, precisam de treino regular. Um estudo mostrou que os exercícios físicos têm um efeito benéfico sobre a síntese do BDNF, responsável pela memória de longo prazo.


Sem comentários:

Enviar um comentário